Esperança

Foto: Reprodução/Internet

Por Jade Brianezi

‘’Ele enxugará dos seus olhos toda lágrima.

Não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor,

pois a antiga ordem já passou”. Apocalipse 21:4

A seca que nasceu no sertão,

Levou aquela nuvem carregada de chuva, a morar no coração.

Tudo confuso, perturbando a mente, daqueles que se nomeiam gente.

Mas aquela tal humanidade, não se faz mais tão presente.

Um grito de socorro invade os ouvidos,

Uma placa procura-se a esperança, se instalou na retina da gente.

E então quem poderá nos salvar?

A resposta está internamente a gritar.

A semente da cura foi plantada antes do mundo se fazer presente.

Deixa a chuva regar, fazer florescer a tão sonhada esperança,

Que por fim sempre esteve dentro de você.  

Sendo assim podemos entender, que cada ser,

tem a responsabilidade de proteger o mundo, que se fez pertencer.

Imagine então, a junção de milhares de estrelas,

que fazem a escuridão da noite ganhar brilho.

Assim será cada indivíduo que se permitir curar, sendo luz em meio a escuridão.

É chegado o momento de a frase clichê ganhar sentido: A União faz a força!

Entender que empatia é enxergar o seu reflexo em cada irmão,

sentir a dor dele também em seu coração.

Se concentre na bondade, ao invés de enxergar só a maldade.

Enquanto o amor pulsar, mesmo que seja em um só coração, ainda haverá salvação.

Pois a potência do amor é maior do que qualquer desamor.

Acredite na sua capa de herói e vá salvar o mundo,

a simplicidade de uma ação é um ponto de luz compondo toda a constelação.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: