Setembro Vermelho? É isso mesmo!

Foto: Reprodução Internet

Por Camila Harumi

Sim! Comemoramos através de campanhas o Outubro rosa ao combate do câncer de mama e o Novembro Azul ao combate de câncer de próstata. Através desses eventos, em Setembro temos o mês vermelho, ação social focada aos cuidados com o coração. Originada em 2000 pela Federação Mundial do Coração (WHF – World Heart Federation) com apoio das Nações Unidas, a campanha escolheu setembro por se tratar do mês em que acontece o Dia Mundial do Coração, 29/09 que tem o objetivo conscientizar sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce.

No Brasil cerca de 320 mil brasileiros morrem por consequências de doenças cardiovasculares segundo o Ministério da Saúde e a estimativa é que até 2030 as mortes cheguem a 23 milhões. Especialistas da Associação Médica Brasileira (AMB), relatam que o melhor tratamento é a prevenção para as doenças do coração, a mudança de hábitos contribui e algumas recomendações são dadas: ir ao cardiologista e seguir suas orientações, abandonar o tabagismo e a vida sedentária, caminhar 30 minutos pelo menos três vezes por semana, manter uma alimentação saudável sem gorduras ou frituras, incluir vegetais, folhas e legumes nas refeições, trocar a sobremesa calórica por uma fruta, evitar consumo excessivo de açúcar, massas, pães e alimentos industrializados e restringir bebidas alcoólicas.

Os principais fatores de risco para os problemas cardiovasculares são: hipertensão, diabetes, dislipidemia (nível elevado de gordura no sangue), histórico familiar, estresse, tabagismo, obesidade, sedentarismo e doença da tireoide. O uso de drogas ilícitas também pode levar ao infarto agudo do miocárdio.

Fique atento, pois, qualquer doença descoberta precocemente tem muito mais chances de ser tratada e com o coração não é diferente.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: